Zoe Kravitz: os diretores ainda pensam que “a garota negra precisa de casar com o homem negro”

Em 5 Julho, 2017

Zoe Kravitz tem um monte de novas entrevistas para promover o seu papel na “Rough Night”, a comédia sobre um grupo de amig2s que ficam louc2s em Miami para uma festa de despedida de solteiras. Zoe cobriu a edição mais recente de The Edit, embora a entrevista fosse muito chata. Eu acho que a Zoe é interessante, mas ela se acostumou a falar sobre si mesma e ela aparece como muito higienizada e amigável para a imprensa nos dias de hoje. Alguns destaques de The Edit:

Sobre fazer uma comédia:

“Eu acho bom ver as mulheres a comportarem-se dessa forma. Nós não nos sentamos em casa a fazer a nossa maquilhagem e ficamos à espera que os homens cheguem a casa – nós nos esforçamos às vezes”.

Se a sua raça ainda aparece em castings de elenco:

“Eu tenho a certeza que isso ainda acontece agora. Quando o meu nome é chamado num escritório de castings, eu tenho a certeza de que o facto de ser negra é comentado. Acabei de ler um guião em que havia dois casais, e um estava escrito como preto. Quando falei com os diretores, eles disseram que o meu papel era a da esposa do homem negro. É uma loucura que eles ainda pensem que a garota negra precisa se casar com o homem negro, e todos os outros são brancos. O pensamento deles está tão compartimentado”.

Sobre o namorado Karl Glusman:

“Estamos felizes, ele é maravilhoso”, ela sorri. Eles se encontraram com amigos comuns num bar uma noite. “E foi isso, feito. Nós nunca mais nos separámos.

 


(Carregue para aumentar)

 

Loading...

Tomatadas relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *