Reese Witherspoon discute sobre o tempo que ela saiu de um relacionamento abusivo

Em 17 Fevereiro, 2018

Estou surpresa porque Oprah Winfrey permitiu duas outras atrizes na capa da O Magazine! Normalmente, O é apenas sobre Oprah! Mas a Oprah está a promover “A Wrinkle In Time”, onde actuam Reese Witherspoon e Mindy Kaling na adaptação do filme dirigida por Ava DuVernay. Oprah, Reese e Mindy supostamente se mostraram bem, e elas se juntaram no quadril durante as primeiras aparições promocionais. Eu realmente penso que elas se dão bem, o que me faz feliz… em particular para Mindy, porque eu quero que Oprah e Mindy sejam BFFs. Em qualquer caso, estar por perto da Oprah fez Reese sentir-se muito confortável… o bastante confortável para falar sobre como ela saiu de um relacionamento abusivo:

Na edição de março de O, The Oprah Magazine (nas bancas de 13 de fevereiro), Oprah Winfrey entrevistou as atrizes Mindy Kaling e Reese Witherspoon, suas colegas na adaptação de Ava DuVernay de “A Wrinkle in Time”. O trio fala abertamente sobre como o movimento #MeToo e a iniciativa Time’s Up impactaram Hollywood – e, por extensão, as mulheres em todas as indústrias.

“Qual é a decisão mais difícil que tiveste que fazer para cumprires o teu destino?”, Pergunta Winfrey.

“Para mim, provavelmente deixar um relacionamento abusivo”, responde Witherspoon, acrescentando que ela sofreu abuso “psicológico” e “verbal”. Eu não poderia ir mais longe. Eu era muito jovem e era profundo.”

Sem aprofundar os detalhes específicos, Witherspoon explica: “Mudou quem eu era no nível celular, o facto de eu me defender. É parte da razão pela qual eu posso me levantar e dizer: ‘Sim, sou ambiciosa.’ Porque alguém tentou tirar isso de mim”.

 

 


(Carregue para aumentar)
Loading...

Tomatadas relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *