Conrad Hilton alega auto-defesa ao FBI: “Ele veio a mim com o seu nariz”

Em 7 Fevereiro, 2015

Há uns meses atrás Conrad Hilton passou-se num avião por estar sob a influência de alcóol. Alegadamente ameaçou passageiros e causou um grande alvoroço, m as tudo ficou escondido até agora, por ele ter o título de Hilton.

 

 

O Washington Post divulgou a histórias com várias informações extra relativamente ao que Conrad disse ao FBI, e aqui ficam elas:

 

Ele não tinha andado a beber durante o voo, apesar de já ter tomato um comprimido para dormir, disse ele em sua defesa. E sim, ele chamou as pessoas de campónias durante o voo.

“Eu disse-lhes a todos que poderia tirar-lhes os empregos em menos de trinta segundos” Disse Hilton, enquanto se relembrava da sua interacção com os passageiros do voo.

Ele deu créditos a um homem de raça negra por o ter impedido de matar umaassistente de bordo: “Se aquele homem não estivesse ali, aquele tipo [o assistente de bordo] teria sido morto naquele voo. 100% de certeza que o teria morto” disse Hilton.

Na sua entrevista com o FBI, o agente leu a Hilton a parte da lei que se ia aplicar a este caso: “Um individuo num avião na jurisdicção aéria dos Estadus Unidos da América que ao atacar ou intimidar um membro da equipa de bordo ou–”

Hilton interrompeu: “Eu intimidei. Mas, por auto-defesa. Ele veio a mim com o seu nariz”.

(Carregue para aumentar)
http://nucleo.netlucro.com/clique/21937/1708/

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

- Comentários da responsabilidade dos seus autores -

Powered by: Wordpress